• Nenhum produto no carrinho.

O Futuro das Compras: JD.com Inc.

Fundada em Pequim em julho de 1998 por Liu Qiangdong (Richard Liu), no início era um comércio tradicional offline de produtos ópticos de magneto, usados na tecnologia de gravação de mídia.

Coincidentemente aos tempos atuais, foi em 2003 com a ameaça da SARS COV que impactaram os negócios em toda a China, ele viu a oportunidade de pivotar seu negócio, e viu o comércio eletrônico como alternativa para atender a tão necessária digitalização e venda de produtos online.

Ai começa a construção da JD.com dos tempos atuais, um modelo de negócios muito bem desenvolvido baseado em tecnologia e logística que fez de Liu o “Jeff Bezos da China” e a Jīngdōng comparada a Amazon devido ao modelo de negócios.

Eu particularmente não concordo com essa comparação, obviamente pela manutenção do “status quo” da comparação oriente/ocidente, mas vou explicar que na verdade a JD.com é mais uma expressão da atual realidade, principalmente nas áreas de tecnologia e vendas online, onde o exponencial crescimento e avanço chinês subvertem a tradicional inspiração no Ocidente para o “Copy from China”.

 

Mas o que é Jīngdōng e o que a faz diferente e suas inovações?

Quando analisamos o comércio eletrônico, o conceito inicial é de um site ou plataforma que conecta vendedores e compradores, seja no B2C, B2B ou C2C.

A pricnipal característica da JD.com foi o investimento em uma rede própria de logística, gerenciando com muita qualidade todas as etapas da cadeia, até a entrega da “última milha” ao cliente, e isso diferencia a e é o grande objetivo o objetivo de JD em garantir uma experiência superior do cliente com sua logística.

Com essa introdução, vou agora contar como conheci e entendi a JD.com e me apaixonei por essa experiência, sua marca e até mesmo decidi investir como acionista da marca (NASDAQ:JD) pois acredito em seu modelo de negócio e principalmente no crescimento de sua internacionalização.

Em 2017 eu morei por alguns meses na China por estar prestando serviços a uma empresa local e pude viver a rotina diária de um local, com as necessidades básicas de compras e serviços. Eu me lembro que na empresa todos os dias no final do expediente, meus colegas sempre recebiam na portaria um sem número de pacotes de suas compras online. Nessa conversa eu perguntei o que compravam e eram coisas muito simples, de pasta de dente, leite, cosméticos e coisas do dia a dia.

Eu fiquei intrigado e questionava o motivo disso, como faria sentido comprar leite online se bastava ir ao mercadinho. Foi aí que comecei a entender essa “logística” surpreendente que faz essas compras serem muito mais simples que ir ao mercadinho. Uma rede completa de entregas ultra-rápidas e com rastreamento minuto a minuto, armazéns de logística com alta tecnologia e uma experiência online simples, preços mais atrativos e facilidade de pagamento. A grande maioria das entregas é no mesmo dia e quando não é possível, na pior das hipóteses no dia seguinte.

Em um desses dias peguei uma carona com uma colega de trabalho que na saída da empresa verificou em seu aplicativo que a sua compra de sabonetes não havia ainda sido entregue. Lembro que ela só comentou comigo sobre o ocorrido e começou a dirigir e falar ao telefone. Alguns quilômetros depois ela ainda falando ao telefone, parou em um cruzamento como se esperasse alguém. Eu sem entender nada perguntei o que ela estava aguardando e ela me respondeu que a sua encomenda. Eu nem tive tempo de perguntar e alguém bateu na janela do motorista, ela baixou o vidro e era uma senhora numa scooter com a sua encomenda. Absolutamente incrível. Nesse momento quis saber e entender tudo sobre isso, como funciona essa logística. Ao me mostrar os detalhes, entendi que tudo funciona com rastreamento como estamos acostumados com os aplicativos de transporte e entrega de comida.

 

Essa é a grande característica da JD.com, logística impecável que transforma a experiência de compra on-line.

Claro que existem outros grandes concorrentes na China também com altíssima qualidade, mas aí entra outra história interessante. A grande concorrência em termos de tecnologia na China é polarizada entre o Grupo Alibaba que muitos conhecem e o Grupo Tencent do Wechat. No caso do JD.com, a participação do Grupo Tencent é bastante significativa e acirra essa competição com o seu maior concorrente, o T-Mall do Grupo Alibaba.

Acontece que o Mascote do T-Mall e parte do seu logo é um gato pela associação fonética do Mall ao Gato (猫 Māo). Com isso, de maneira pouco discreta a JD.com adota como seu mascote e símbolo um cachorrinho, acirrando a eterna disputa entre cães e gatos.

 

Autora: Luís Lanaro 龙浩宇

Luís Lanaro é especialista em negócios com a China. Economista e empresário, fundou a LMX Internacional, empresa que atua na importação e distribuição de eletrodomésticos e componentes. Foi na China que encontrou as oportunidades para transformar o seu negócio e, nos últimos anos, tem como propósito promover oportunidades para os empreendedores brasileiros no mercado chinês.

8 de junho de 2021

1 respostas em "O Futuro das Compras: JD.com Inc."

  1. Que sensacional! Obrigada por compartilhar com a gente, Luis. 🙂

Deixe sua mensagem

Todos os direitos reservados - www.oichinaonline.com.br © - Desenvolvimento: Tuiuiú Comunicação

× 你好! Como posso te ajudar? Available from 08:00 to 19:00